Contratação de Temporários, Justiça proíbe votação do projeto

A Justiça através da pessoa de Vossa excelência o juiz substituto da Comarca de Quixadá, Rogaciano Bezerra Leite Neto determinou a retirada de um projeto que seria votado na sessão extraordinária prevista para esta quarta-feira 27, na Câmara de Vereadores de Quixadá. De acordo com o parecer emitido pelo magistrado, a prefeitura pretendia aprovar uma proposta da prefeitura, de contratação de servidores temporários pelo período de até quatro anos.

Todavia, na decisão judicial, além de proibir a discussão do projeto, o juiz estabeleceu multa diária de R$ 30 mil ao presidente da Câmara de Vereadores, Francisco Ivan Benício de Sá, ou quem presidir a sessão para apreciação da proposta, descumprindo a medida, a qual atende pedido, através de Mandado de Segurança, do vereador Luiz Gonzaga Rodrigues de Lima, conhecido como “Luiz do Hospital”.

O prefeito de Quixadá, Ilário Marques, informou que respeita a decisão judicial, entretanto, ressaltou que vai ingressar com um agravo para reverter a medida proibitiva. O gestor municipal considera frágeis e questionáveis os quesitos apresentados pelo impetrante, e, também, a necessidade de funcionamento da máquina pública no amparo à população no que concerne os serviços da sua competência.

Quixadá, carro de prefeito tem blindagem e custo chega a quase R$: 120 mil

C

om um valor de quase R$ 120 mil em 1 ano, o carro possui a exigência de ser uma caminhonete blindada. A licitação foi feita no dia 21 de novembro. “Ele não pode fazer isso. Ele tá protegendo só a vida dele e não a da população”, relata um morador que prefere não se identificar.

Resposta

Em nota, a Prefeitura afirma que fez tudo dentro da regularidade, além de afirmar que o prefeito necessita do veículo para suas viagens de interesse público. Segue a explicação na íntegra:

“Primeiramente é condicionante afirmar que não existe denúncia acerca deste processo, considerando que o mesmo foi realizado dentro da regularidade e exigências legais de processos licitatórios regulamentados pela lei 8.666/93.

O referido processo, PREGÃO PRESENCIAL Nº PP2017/061GAP – GABINETE DO PREFEITO, cujo objeto é contratação de 01 (um) veículo fechado, capacidade para 05 (cinco) pessoas, blindado e demais especificações, que teve como vencedora a empresa LOCAFLEX, sendo o valor anual pelo serviço prestado de R$ 114.000,00.

Vale ressaltar ainda que despesas com motorista, seguro e outras referentes a manutenção do veículo são parte integrante do processo licitatório e de inteira responsabilidade da empresa contratada. Mensalmente o serviço de locação do referido carro, que se caracteriza por ser um carro simples, fica na ordem de R$ 9.500,00 (nove mil e quinhentos reais). Valor muito abaixo do aplicado no mercado”.

Do Tribuna do Ceará.

Artigos Relacionados

Nome dos médicos de Juá, Califórnia, Dom Maurício, Custódio, Juatama, Jatobá, Combate, Campo Novo, Campo Velho,

Mesmo sem ser confirmada que aproximação com o presidente do Senado Eunício Oliveira (PMDB) vai desembocar em um palanque único nas

 Um lugar acochegante e pertinho praticamente de tudo da cidade, um hotel requintado composto de ótima acomodação e dentre outras

Palavra misteriosa acumulada em R$: 900 mil  Q uase um milhão de reais, R$: 900 Mil este é o valor que está a palvra

Pesquise Aqui!

Calendário do Bolsa Família 2018

Assine Nosso Feed!

O Tempo em Quixadá, Jijoca e Canindé

Obrigado Por Curtir Nossa Página!

Configurações do Site

Cor

Escolha uma das cores abaixo:
Azul Laranja Vermelho

Corpo

Cor de fundo
Cor do texto

Cabeçalho

Cor de Fundo

Destaque 3

Cor de Fundo

Destaque 4

Cor de Fundo

Destaque 5

Cor de Fundo

Rodapé

Selecione um tipo de menu
Fontes do Google
Tamanho da fonte
Tipo da Fonte
Direção